13 Fev

Como lida com o Stress?

Stress! Gestão de Emoções

Toda a ação origina uma reação. O stress é uma resposta do organismo que mistura componentes psicológicos, físicos, mentais e hormonais. Ele ocorre quando precisamos nos adaptar a novas situações, sejam elas boas ou más.

Nesse sentido, ficar stressado não é algo prejudicial. Na verdade, é natural para a nossa sobrevivência. Quando reagimos a um acontecimento, o nosso corpo libera os hormónios cortisol, adrenalina e noradrenalina, o que nos deixa em alerta. É por essa razão que corremos quando estamos numa situação de perigo ou ficamos empolgados com um novo projeto no trabalho.

Contudo, é o excesso desses hormónios que nos faz mal.

Ninguém consegue viver em estado de alerta o tempo inteiro. Quando os hormónios são estimulados constantemente, eles liberam toxinas no nosso corpo.

Muitas pessoas acreditam que as nossas emoções estão fora do nosso controle. Acreditamos que elas acontecem espontaneamente sem qualquer influência de quem as está a sentir e a produzir…

Afinal de contas, como lidamos com as emoções?

Podemos catalogar as nossas reações em quatro formas básicas com as quais as pessoas lidam com as emoções. É importante conhecer a sua forma de lidar com as emoções, para poder adotar uma abordagem que realmente funcione consigo.

Como lidamos com as emoções?

Evitar

A primeira defesa contra as emoções negativas é evitar. Todos nós queremos evitar emoções difíceis ou dolorosas. Como resultado, tendemos a evitar qualquer situação que possa levar às emoções que tememos ou, pior, tentar não sentir nenhuma emoção. Evitar situações negativas pode nos proteger a curto prazo, mas também nos impede de sentir as emoções – alegria, conexão, energia, excitação – que desejamos.

Negar

A segunda defesa contra o stress é a negação total. Quando experimenta uma emoção e tenta negar o que está a sentir, as suas emoções pura e simplesmente intensificam-se. A pressão aumentará e o que está a tentar ignorar ressurgirá a qualquer momento sem o seu controle.

Competição

Muitas vezes, depois de utilizarmos as estratégias anteriores (evitar e negar), decidimos parar de luta contra nossas emoções dolorosas e decidir nos dedicar totalmente a elas. Em vez de aprender o que nossos sentimentos estão a comunicar, tornamos o nosso problema pior do que o de todos os outros. Torna-se um “emblema de coragem” e começamos a competir com os outros. “Tu achas que estás mal? Deixa-me dizer o quanto eu estou mal!”

Faça um favor a si próprio! Redirecione a sua necessidade de significância para algo positivo e não para os seus problemas.

Aprender e Avançar

Felizmente hoje cada vez mais pessoas reconhecem que problemas são oportunidades de melhoria.

Um dos nossos maiores problemas é pensarmos que não deveríamos ter problemas.

É nos momentos de crise que a transformação verdadeira acontece. Aquele que se culpa com os seus próprios fracassos e dificuldades, destrói o seu próprio talento e dá mais importância aos problemas do que às soluções.

Encontre a sua forma para crescer como pessoa quando as coisas correm menos bem…

O stress está a fazer-lhe mal?

O stress não é apenas mental e emocionalmente desagradável. O stress tem o poder de deixar seu corpo doente. O stress enfraquece o sistema imunológico, aumenta a pressão arterial por constrição dos vasos sanguíneos e acelera a frequência cardíaca.

O stress pode estimular uma alimentação emocional, ou seja, o consumo de alimentos não saudáveis. O stress está, pois, ligado ao aumento de peso. Os altos níveis de cortisol ligados ao stress estimulam o armazenamento de gordura, particularmente na região abdominal, que por sua vez, aumenta a resistência à insulina no organismo, o que pode levar a alterações no nível de açúcar no sangue. Outros sintomas podem incluir azia, síndrome do intestino irritável, diarreia e cólicas estomacais.

O stress crónico também não é amigo do seu cérebro. O stress causa dores de cabeça tensionais e às vezes até enxaquecas, reduz a memória espacial (o que ajuda a lembrar locais e relacionar objetos), bem como afeta a sua capacidade de formar novas memórias e regular emoções e autocontrole.

O stress agudo tem demonstrado causar perda de cabelo, assim como o envelhecimento prematuro.

Como pode lidar com o stress?

A boa notícia é que pode aprender a lidar efetivamente com o stress.

Uma maneira de fazer isso é encontrar atividades que goste de realizar, como p.e. a prática de exercício físico.

Alimente a sua mente com algo positivo todos os dias. Cultive grandes pensamentos!

Emoções como o medo, raiva, tristeza afetam o bem-estar físico. É preciso estar preparado e consciente de como deverá lidar de forma positiva com essas emoções.

Finalmente pode utilizar a meditação como um exercício para a mente, no qual nos desligamos de qualquer pensamento, emoção ou distração que não esteja relacionada com o momento presente.

Ao meditar conseguimos nos conhecer melhor e percebemos que não podemos controlar todos os acontecimentos da nossa vida.

Como qualquer atividade, as vantagens de meditar são de médio a longo prazo, por isso, deve-se transformar a prática em um hábito.

Agora que sabe isto, o que vai fazer diferente na sua vida?

Facebook Comments